domingo, 27 de julho de 2008

Nome Próprio - O filme

"Algumas vezes quebram-me as pernas, chutam-me a cara, pisam-me os dedos.
Eu sobrevivo.
Tenho sobrevivido sempre.
Sou marcada.
Sim.
Mas faço valer cada uma das minhas cicatrizes. "


Quem dera eu chegue neste entedimento sobre a vida.

Eu... que nunca... nem de leve... ousei tocar na vida.

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi Juuuu...é o cris, td bem???

Adorei sua idéia de fazer esse blog, que de cara é belo e inspirador. Amei o post do beliche (isso acontece muito com muita gente durante muitas noites..rsrsr). Amiga te dou o maior apoio no desenvolvimento desse blog. Vc é linda, inteligente e talentosa. Tem muita coisa nessa sua cachola que precisa ser exposta e declarada. Te adoro!!!

beijão, cris.

ROBSON disse...

OI JULIANA TUDO BOM?

PARABENS PELO BLOG, QUE BOM Q VC TEVE ESSA GRANDE IDEIA DE CRIAR ESSE BLOG... DO JEITO QUE VC É TALENTOSA TENHO CERTEZA QUE ISSO AKI SÓ É O COMEÇO...
$UCE$$O!!!

PARABEN$..

BJU$...

Marcelo Portuaria disse...

Os traços de si mesmo, as vezes ofuscam a imagem do que o mundo nos cobra. Escondemos a face - num ritual - e acabamos a entrar na noite.
Na medida do mundo, somos o nada, e do nada, reinamos com nossa própria insignificancia: a riqueza de não se importar.